top of page
Buscar
  • Foto do escritorGustavo Oliveira

Guia básico do morador de condomínio

Atualizado: 18 de ago. de 2023



Como aproveitar melhor o seu condomínio?


Desafios das áreas de lazer nos condomínios residenciais


Os condomínios residenciais contam com diversas áreas de lazer para atrair compradores, mas nem sempre essas áreas são tão funcionais quanto o esperado. Muitas vezes, as áreas não são construídas no local adequado, em alguns casos faltam itens essenciais como uma área adequada para descarte de resíduos ou um bicicletário, também são vistas com frequência plantas que precisam de sol em locais com muita sombra etc.


Por conta disso, alguns condôminos estão cada vez mais enclausurados em suas unidades e as áreas comuns estão sendo cada vez menos utilizadas. Para mudar essa realidade, é preciso estimular a vida em comunidade e a felicidade dos moradores, fatores que podem ser viabilizados com a maior e melhor utilização das áreas de lazer do condomínio.


Estimulando a vida em comunidade e a felicidade dos moradores através das áreas de lazer


Para saber mais sobre a vida em comunidade e a felicidade nos condomínios leia Como tornar o Condomínio um Lar? (@newcondo.com.br) , a vida em comunidade e a felicidade, fatores citados no referido artigo, podem ser viabilizados com a maior e melhor utilização das áreas de lazer do condomínio.


Cinco dicas essenciais para otimizar o uso das áreas de lazer




A seguir, são apresentadas cinco dicas essenciais para aproveitar melhor as áreas de lazer do seu condomínio:


  1. Conheça as regras do condomínio: antes de utilizar qualquer área de lazer, é importante conhecer as regras do condomínio para evitar conflitos com os demais moradores e garantir a segurança de todos.

  2. Faça agendamentos: se a área de lazer em questão é muito procurada, pode ser interessante fazer um agendamento prévio para utilizá-la. Dessa forma, você garante o seu espaço e evita possíveis conflitos com outros moradores.

  3. Cuide das áreas comuns: é fundamental que todos os moradores sejam responsáveis por cuidar das áreas comuns do condomínio. Isso inclui manter a limpeza e conservação dos espaços, não jogar lixo no chão, não danificar o patrimônio, entre outras ações.

  4. Respeite os horários de utilização: muitas áreas de lazer têm horários específicos de utilização, como a piscina, por exemplo. É importante que os moradores respeitem esses horários para evitar conflitos com os demais moradores e garantir a segurança de todos.

  5. Conviva bem com os vizinhos: uma boa convivência com os vizinhos é fundamental para usufruir das áreas de lazer do condomínio. Respeite o espaço do outro, não faça barulho excessivo e tenha um comportamento cordial e amigável. Dessa forma, você poderá desfrutar de todos os espaços sem problemas.



Todas essas dicas são importantes, mas ainda não são suficientes se o morador não estiver envolvido com a vida em condomínio. Nesse sentido, o síndico profissional ou voluntário pode assumir o papel de liderança e demonstrar, tanto para os funcionários quanto para os moradores, que a maior e melhor utilização das áreas do condomínio trará inúmeros benefícios para a comunidade.


É importante que os moradores frequentem o condomínio e desenvolvam o sentimento de pertencimento com aquela comunidade. Tal envolvimento irá permitir que as participações construtivas prosperem e, em contrapartida, tende a inibir a ação de alguns reclamões que geralmente não têm propostas para solucionar os problemas.


Estimulando a vida em comunidade nos condomínios: Seis dicas de ouro


Os condomínios mais novos têm sido entregues com diversos manuais: Manual do Proprietário, Manual do Síndico, Manual do Zelador são alguns exemplos. Ocorre que, em alguns casos, um dos aspectos mais importantes a ser considerado é deixado de lado: como favorecer a prosperidade da vida em comunidade naquele ambiente? Por isso, irei dar aqui seis dicas de ouro para estimular a vida em comunidade nos condomínios:


  1. Organize eventos: organize eventos como churrascos, festas juninas, atividades esportivas e culturais, dentre outros, para incentivar a convivência entre os moradores. Esses eventos podem ser realizados em áreas comuns, como salão de festas, áreas de lazer, etc.

  2. Crie grupos de interesse: Crie grupos de interesse, como grupos de corrida, de caminhada, de leitura, de estudos, de artesanato, dentre outros, para que os moradores possam se reunir e interagir a partir de interesses em comum.

  3. Crie um mural de avisos: Um mural de avisos é um espaço onde os moradores podem compartilhar informações sobre eventos, atividades, serviços, etc. Isso pode ajudar a divulgar informações relevantes e estimular a participação dos moradores.

  4. Implemente ações sociais: Promova ações sociais, como campanhas de arrecadação de alimentos, brinquedos, roupas, etc., para ajudar as pessoas mais necessitadas da comunidade ou mesmo projetos de preservação ambiental.

  5. Participe das assembleias: As assembleias são momentos importantes para os moradores discutirem e decidirem sobre questões relevantes para a vida em condomínio. Participar dessas reuniões é fundamental para conhecer as demandas da comunidade e se engajar nas decisões que afetam a todos.

  6. Crie uma horta comunitária e implemente a coleta seletiva: Uma horta comunitária é uma ótima maneira de estimular a sustentabilidade e a convivência entre os moradores. Além disso, é possível integrar a horta com a coleta seletiva, incentivando a separação correta dos resíduos orgânicos e inorgânicos, que podem ser utilizados para compostagem ou reciclagem. Com a participação de todos, a horta pode ser um espaço de aprendizado sobre cultivo de plantas e técnicas de agricultura sustentável, e os alimentos produzidos podem ser compartilhados entre os moradores.



Conclusão: Desfrute ao máximo do seu condomínio e construa uma comunidade engajada e feliz



Para finalizar, fica a sugestão de pensar no seu condomínio como um sapato novo, que pode ser desconfortável no início, mas quanto mais ele é usado, mais confortável ele se torna, moldando-se ao formato dos pés do usuário. Da mesma forma, uma pessoa pode melhorar suas habilidades em um esporte ou atividade física quanto mais praticá-lo. Alguns equipamentos também podem melhorar com o uso frequente, como um colchão que se molda à forma do corpo de quem o utiliza.


No geral, a ideia é que a prática leva à perfeição e o uso frequente pode levar a uma melhoria no desempenho ou na funcionalidade de um objeto ou habilidade, ou seja, quanto mais você utilizar o seu condomínio, melhor ele será.

95 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page